PROJETOS ATUAIS

Programa Cisternas nas Escolas

Financiadores/Parceiros: Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário – MDSA/ASA Brasil

Período de Execução: maio de 2017 a outubro de 2018

Atividades Desenvolvidas: Encontros territoriais com a comissão municipal da ASA; seleção e cadastramento das escolas e com as comunidades locais; capacitações em gestão de recursos hídricos escolar; educação contextualizada e capacitação de pedreiros.

Total de Escolas Beneficiadas/Cisternas Construídas: 46 cisternas de 52 mil litros.

Total de Municípios: Araripina, Cabrobó e Orocó.

Pernambuco Mais Produtivo

Financiadores/Parceiros: Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária – Sara/Governo do Estado de Pernambuco

Período de Execução: novembro de 2014 a dezembro de 2017

Atividades Desenvolvidas: Prestação de serviço ao Governo do Estado de Pernambuco na execução do Projeto Pernambuco Mais Produtivo, no âmbito do Programa Brasil Sem Miséria – PBSM, da Sara/Seaf/PE, objetivando a implementação de 1.780 tecnologias sociais de acesso à água para a produção de alimentos (cisterna-calçadão de 52 mil litros), a fim de contribuir, por meio de processo educativo, para a transformação social, visando a preservação, o acesso, o gerenciamento e a valorização da água como direito essencial à vida e à cidadania, ampliando a compreensão e a prática de convivência sustentável e solidária com o ecossistema do Semiárido.

Total de tecnologias em construção: 1.780

Projeto Quintais que Mudam o Sertão

Financiadores/Parceiros: Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA/Governo Federal

Período de Execução: novembro de 2014 a fevereiro de 2018

Atividades Desenvolvidas: prestação de serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), destinados a famílias de agricultores e agricultoras, visando consolidar e ampliar processos de promoção da agroecologia existentes para a promoção do desenvolvimento local/territorial e de seus processos organizativos, considerando seus diferentes processos de transição e as diretrizes da Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica – Pnapo, em municípios do Estado de Pernambuco/PE.

Total de famílias beneficiadas: 450

Programa Convergir: Mandiocultoras do Araripe (projeto de formação da rede de agentes de políticas públicas para mulheres rurais da mandiocultura)

 Financiadores/Parceiros: Secretaria da Mulher do Governo do Estado de Pernambuco

 Período de Execução: dezembro de 2015 a julho de 2017

Atividades Desenvolvidas: Participação de 150 mulheres que trabalham na cadeia produtiva da mandiocultura — e 75 crianças (filhos das mulheres) — de um curso sobre formação sociopolítica com recortes de gênero (80 horas-aula) e outro sobre tecnologias sustentáveis aplicadas ao cultivo e processamento da mandioca (80 horas-aula). Durante os cursos, as mulheres também se envolveram em atividades recreativas.

AÇÕES REFERENCIAIS DESENVOLVIDAS

Pesquisa Sistemas Agrícolas Familiares Resilientes a Eventos Ambientais Extremos no Contexto do Semiárido Brasileiro: Alternativas para o Enfrentamento dos Processos de Desertificação e Mudanças Climáticas, nos nove estados do semiárido brasileiro.

 Parceiros: Instituto Nacional do Semiárido – Insa, e Associação Programa Um Milhão de Cisternas para o Semiárido – AP1MC.

Período de Execução: 2013 a 2015

Atividades Desenvolvidas: Estudos socioeconômicos e ecológicos em unidades agrofamiliares (10 agroecossistemas no Sertão do Araripe) e em transição agroecológica, visando elucidar as estratégias agrícolas e sociais utilizadas pelos agricultores que lhes têm possibilitado resistir e/ou se recuperar dos impactos dos eventos ambientais extremos.

Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2)

Financiadores/Parceiros: Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome – MDS/Associação Programa 1 Milhão de Cisternas para o Semiárido – AP1MC

Período de Execução: outubro de 2015 a abril de 2016

Atividades Desenvolvidas: Implementação de tecnologias sociais de acesso à água para a produção de alimentos, a fim de contribuir por meio de processo educativo com a transformação social, visando a preservação, o acesso, o gerenciamento e a valorização da água como direito essencial à vida e à cidadania, ampliando a compreensão e a prática de convivência sustentável e solidária com o ecossistema do Semiárido.

Total de Famílias Beneficiadas: 71

Projeto Juventude Rural Disseminando Boas Práticas no Campo

Financiadores/Parceiros: Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola – Fida, e Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura – Iica.

Período de Execução: outubro a dezembro de 2015

Atividades Desenvolvidas: Realização de três intercâmbios com 45 jovens (23 mulheres e 22 homens) dos municípios de Araripina, Santa Filomena e Exu. Os jovens participantes dos intercâmbios visitaram três propriedades rurais (com uma diversidade de atividades produtivas agroecológicas), duas unidades de beneficiamento e uma feira agroecológica. Todos os empreendimentos estão situados no município de Araripina.

Projeto Escola das Águas

Parceria: Centro de Assessoria e Apoio aos Trabalhadores e Instituições Não Governamentais Alternativas – Caatinga, e Centro de Educação Comunitária Rural – Cecor

Apoio: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IF Sertão/Campus Ouricuri

Patrocínio: Petrobras

Período de Execução: setembro de 2013 a setembro de 2015

Atividades Desenvolvidas: No contexto da educação para a qualificação profissional, os jovens participaram de capacitação em construção de tecnologias hídricas para a captação e o manejo das águas e em estratégias de convivência com o Semiárido, criando, assim, condições para a geração de renda através do acesso ao mercado de trabalho.

Total de Jovens Beneficiados: 360, com idade entre 18 e 29 anos, moradores da zona rural dos municípios pernambucanos de Araripina, Exu, Flores, Granito, Ouricuri, Parnamirim, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Filomena e Serra Talhada.

Programa Brasil Sem Miséria

Financiadores/Parceiros: Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA/Governo Federal

Período de Execução: dezembro de 2011 a fevereiro de 2014

Atividades Desenvolvidas: Prestação de serviço de Assistência Técnica e Extensão Rural – Ater, nas propriedades rurais e implantação de atividades produtivas: Araripina (240 famílias), Ipubi (160 famílias), Bodocó (160 famílias), Exu (320 famílias), Granito (80 famílias) e Moreilândia (160 famílias).

Total de Famílias Beneficiadas: 1.120

Projeto Dom Helder Camara – PDHC

Atividades Desenvolvidas: Assessoria técnica permanente, voltada para famílias de comunidades e assentamentos de agricultura familiar em área de atuação direta do Projeto Manejo Sustentável de Terras do Sertão Semiárido — municípios de Araripina, Bodocó, Exu, Ipubi, Moreilândia e Ouricuri. Acompanhamento do desenvolvimento das feiras de produtos agroecológicos, com monitoração do processo de comercialização (a feira agroecológica de Ipubi no ano de 2013 teve um faturamento de R$ 32.853,00, já a feira de Araripina faturou R$ 60.141,00).

Total de Famílias Beneficiadas: 696

Período de Execução: 06 de março de 2013 a 31 de dezembro de 2013

Programa Estadual de Apoio ao Pequeno Produtor Rural (ProRural) – Construção de cisternas de placas de 16 m3.

Período de Execução: outubro de 2012 a novembro de 2013

Atividades Desenvolvidas: Realização de 120 cursos de Gerenciamento de Recursos Hídricos (3.600 beneficiários de cisternas capacitados) e 36 cursos de Pedreiro (360 pedreiros capacitados); construção de 3.600 cisternas de placas de 16 m³: Ipubi (315 cisternas), Belém de São Francisco (39 cisternas), Mirandiba (420 cisternas), Parnamirim (420 cisternas), São José do Belmonte (600 cisternas), Salgueiro (600 cisternas), Trindade (186 cisternas), Carnaubeira da Penha (600 cisternas) e Moreilândia (420 cisternas).

Total de Famílias Beneficiadas: 3.600

Projeto Construindo um Sertão Solidário e Sustentável

Financiadores/Parceiros: Associação Quilombola de Conceição das Crioulas – AQCC, Centro de Educação Comunitária Rural – Cecor, e Serviço Internacional Britânico – Unais (com fundos provenientes da União Europeia)

Período de Execução: Janeiro de 2010 a dezembro de 2012.

Atividades Desenvolvidas: Realização de 07 reuniões de apresentação do projeto, 21 oficinas de diagnóstico das comunidades/propriedades, 21 oficinas de planejamento das atividades do projeto, 07 formações de núcleos municipais de gestão do projeto, 77 capacitações em comunidades e escolas sobre segurança alimentar, 21 intercâmbios territoriais, 07 reuniões com as prefeituras e a Companhia Nacional de Abastecimento – Conab, 07 capacitações para projetos sobre o Programa de Aquisição de Alimentos – PAA, 07 oficinas sobre comercialização, 14 capacitações sobre desenvolvimento organizacional, 112 implantações de Unidades Produtivas Agroecológicas – UPAs; implantação de 14 de Unidades de Pequenos Animais e Apicultura – Upans, 70 de quintais produtivos e 07 hortas escolares; fortalecimento de 03 unidades de processamento e beneficiamento; participação em 14 reuniões de grupos conselhos e fóruns; e atualização constante do website do projeto.