Feiras agroecológicas: empreendedorismo familiar que dá certo

As feiras agroecológicas são espaços de comercialização de alimentos saudáveis, livres de agrotóxicos, e produzidos a partir de uma dinâmica social e coletiva, com respeito às pessoas e ao meio ambiente. Em geral, as feiras agroecológicas espalhadas pelo Semiárido trazem um ambiente de confiança, interação, organização e envolvimento das famílias, consumidores/as e parceiros/as.

Na região do Araripe, o Chapada presta assessoria técnica às feiras agroecológicas dos municípios de Araripina e Ipubi e dos distritos de Nascente e Serrolândia. Cada feira conta com a colaboração de uma coordenação responsável por animar o coletivo, realizar reuniões periódicas de monitoramento e também recolher uma taxa simbólica de cada agricultor/a participante. A ideia é aproveitar o fundo financeiro do grupo para realizar a manutenção das barracas, aquisição de aventais e divulgação das atividades promovidas pela feira.

As feiras agroecológicas são vistas como uma oportunidade de comercialização socialmente justa e economicamente viável, já que os produtos da agricultura familiar não passam pelas mãos de atravessadores locais. Além disso, os espaços agroecológicos geram autonomia, renda e propiciam trocas de experiências e conhecimentos. Outro aspecto importante é que os/as agricultores/as envolvidos/as participam de intercâmbios e de momentos de formação e de discussão de políticas públicas relacionadas à agricultura familiar. Abaixo, conheça um pouco mais dessa realidade acompanhada pelo Chapada.

Feira Agroecológica de Araripina

Criada em fevereiro de 2004, a Feira Agroecológica do município de Araripina conta com a participação direta de sete famílias agricultoras, entretanto dez famílias estão envolvidas no processo de comercialização, já que enviam seus produtos agroecológicos semanalmente.

O espaço oferece uma variedade de alimentos in natura e beneficiados, tais como, frutas, hortaliças, bolo, mel, goma, doces, além de ovos, galinha caipira e plantas medicinais.

A Feira Agroecológica de Araripina funciona no hortifrutigranjeiro da cidade, todas as sextas-feiras, a partir das 15h, e aos sábados pela manhã.

Feira Agroecológica de Ipubi

Criada em junho de 2005, a Feira Agroecológica do município de Ipubi é formada por sete famílias da região de Serra Branca e Sitio Pajeú. O espaço oferece frutas, verduras, ovos, fubá de milho, artesanato e plantas medicinais e ornamentais.

Para quem gosta de aproveitar a diversidade de sabores, a feira é conhecida pela grande oferta de frutíferas. A clientela geralmente aproveita para comprar frutas da época para o consumo da família.

A Feira Agroecológica de Ipubi acontece no centro da cidade, às segundas-feiras pela manhã.

Feira Agroecológica de Nascente

Nascente é um distrito localizado a 40 quilômetros do município de Araripina. Em maio de 2015, um grupo de agricultores/as familiares decidiu criar uma feira para comercializar o excedente da produção de alimentos agroecológicos. Atualmente 18 famílias estão organizadas em dez barracas e ofertam hortaliças, frutas, ovos de galinha caipira, além de lanches e panos de prato em croché.

A Feira Agroecológica de Nascente oferece alimentos saudáveis ao lado da igreja matriz, todas às terças-feiras pela manhã.

Feira Agroecológica de Serrolândia

Serrolândia é um distrito localizado a 18 quilômetros do município de Ipubi. Há cinco anos, foi criada a Feira Agroecológica de Serrolândia com a participação de seis famílias agricultoras, que comercializam frutas (in natura e polpas), verduras, além de produtos derivados da mandioca como sequilhos, goma e bolo. O espaço funciona no centro do distrito, aos domingos pela manhã.

As feiras agroecológicas dos municípios de Araripina e Ipubi estão cadastradas no site: feirasorganicas.idec.org.br, que traz o mapa das feiras orgânicas no Brasil.