Redes sociais integradas ao site institucional

Para celebrar aos 23 anos, o Centro de Habilitação e Apoio ao Pequeno Agricultor do Araripe (Chapada) lança seu novo site com uma proposta moderna e que apresenta um visual arrojado, funções interativas e fácil navegabilidade. O projeto do espaço virtual foi pensado para atender às novas estratégias institucionais e mergulhar no mundo digital com o objetivo de oferecer para o/a internauta, conteúdo de qualidade sobre a agricultura familiar de base agroecológica com visibilidade às ações desenvolvidas no Semiárido pernambucano pela organização e parceiros.

Uma das novidades do site é a biblioteca virtual que reúne um rico material didático com cartilhas sobre juventude rural, mandiocultura, bovinocultura e tecnologias sociais hídricas; infográficos sobre as feiras, práticas e produções agroecológicas, como também boletins com as sistematizações das experiências de famílias agricultoras e suas estratégias de convivência com o Semiárido, além de trazer as edições do informativo Prosa Sertaneja.

“O lançamento do site envolve uma campanha permanente de mobilização de recursos para serem destinados às causas sociais defendidas pelo Chapada. Para nós, a pessoa que doa, é aquela que acredita e quer colaborar de forma efetiva na  construção de uma sociedade justa e solidaria. A confiança e o sentimento de pertencimento alimenta o desejo de doar. A  transparência na aplicação dos recursos e os resultados alcançados junto às famílias agricultoras são motivadores de uma doação permanente”, acredita a coordenadora de projetos, Valéria Landim.

Para ampliar os canais de comunicação do público com a equipe do Chapada, o novo site também oferece um chat online com atendimento em tempo real, para ajudar a esclarecer possíveis dúvidas sobre o trabalho da instituição e como realizar a doação. A ferramenta ainda possibilita o acesso à informação sobre outros assuntos de interesse público.

Para melhorar o fluxo de informações e provocar a reflexão dos internautas, a ideia é propiciar a integração do site com as mídias sociais, de forma que as pessoas possam navegar entre a página do Chapada no Facebook, canal no YouTube e perfil no Instagram, para que percebam a dinamicidade dos fatos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

limpar formulárioPostar Comentário