Araripina sem fome. Este é o nome da primeira edição da campanha desenvolvida esse ano pelo Centro de Habilitação e Apoio ao Pequeno Agricultor do Araripe (Chapada) em parceria com a Associação dos Feirantes Agroecológicos de Araripina (Afaga). Na próxima terça-feira, dia 1 de dezembro, 30 famílias em situação de vulnerabilidade social residentes no bairro do Cavalete I, zona urbana da cidade, receberão alimentos agroecológicos.

Na oportunidade, serão doados frutas, raízes, verduras e grãos produzidos de maneira agroecológica, ou seja, sem o uso de fertilizantes químicos, a partir do manejo correto dos recursos naturais e conservação da biodiversidade.

A ideia foi fazer a doação de alimentos agroecológicos para grupos prioritários. “A iniciativa também favorece a agricultura familiar agroecológica, uma vez que para cada quilo de alimento doado, foi comprado dois quilos pelo Chapada”, explica a coordenadora de projetos da entidade, Valéria Landim. Assim, a expectativa da campanha é divulgar a fartura da produção familiar agroecológica no município, como também promover a segurança alimentar, geração de renda e a solidariedade entre as famílias do campo e da cidade.

O conceito visual da campanha “Araripina sem fome” foi criado pelo designer Jorge Verdi, que não cobrou por esse trabalho.

Dia de Doar
O Dia de Doar já acontece em mais de 70 países e, especialmente esse ano, a campanha ganhou ainda mais força em razão da pandemia do novo coronavírus. Para saber mais e conhecer outras iniciativas que ajudam a transformar o Brasil num país mais generoso e solidário, acesse: https://www.diadedoar.org.br/

Deixe uma resposta